TRABALHADOR brasileiro tem a perna amputada após acidente

Wagner Macedo e família moram nos Estados Unidos há 20 anos

0
798
Wagner Macedo perdeu a perna esquerda após grave acidente na sexta-feira, 21 de dezembro
Anneliese e Wagner Macedo. Fotos reprodução rede social

O casal de brasileiros Anneliese e Wagner Macedo são muito conhecidos na comunidade brasileira em Massachusetts, principalmente por causa do trabalho desenvolvido por Anneliese na defesa dos direitos dos trabalhadores. 

Em uma postagem na sua página no Facebook feita no domingo, 23, Anneliese Haase Macedo contou do acidente sofrido por seu marido na sexta-feira, 21. “Queridos amigos e familiares, quero informar que o meu melhor amigo e esposo sofreu um acidente na sexta-feira a noite, foi GRANDE LIVRAMENTO. Perdeu a perna esquerda, MAS NAO PERDEU A VIDA ! E por isso somos gratos a DEUS! Ele está se recuperando bem. Contamos com a oração de vocês”.

Um fundraising no GoFundMe foi criada no domingo, 23, para ajudar Wagner Macedo com a descrição abaixo. Quem desejar contribuir, pode fazê-lo clicando aqui.

Na noite de sexta-feira, 21 de dezembro, Wagner sofreu um trágico acidente que o levou a perder a perna esquerda. Em sua viagem de volta do trabalho, a van que pertence à empresa de lavagem a seco, onde ele trabalha, começou a andar para trás. Em pânico, Wagner fez uma tentativa de impedir que o veículo continuasse a rodar descontroladamente e atropelar pedestres, Wagner caiu e sua perna esquerda foi completamente esmagada pelo peso da roda dianteira da van de 15 passageiros. Estamos extremamente agradecidos por sua vida ter sido poupada quando a roda miraculosamente parou e um bom samaritano (Joe Bitoupolis) usou um cinto para fazer um torniquete em torno de sua perna e diminuir a o sangramento até que os regatistas de emergência chegassem. Durante muitos anos, Wagner saía de casa às cinco da manhã e viajava por mais três horas por dia, para dar carona a muitos de seus colegas de trabalho que não podiam dirigir. Em maio de 2018, sua empresa mudou-se para um local mais distante, então ele comprou uma velha van de 15 passageiros que poderia usar para continuar a buscar muitos de seus colegas de trabalho. O trágico acidente aconteceu depois que ele deixou o último de seus colegas de trabalho na sexta-feira e parou a caminho de casa. Aos 61 anos, Wagner ainda trabalhava longas horas a pé a maior parte do dia para sustentar sua família nos Estados Unidos e no Brasil. Wagner chegou aos Estados Unidos há mais de 20 anos com o sonho de proporcionar uma vida melhor para sua família. Nas últimas décadas ele trabalhou duro para sustentar sua família e gastou todas as suas economias em advogados e outros honorários legais para se tornar residente permanente nos Estados Unidos. Wagner sempre amou este país e sempre sonhou em poder morar aqui por longo tempo. Seu sonho se tornou realidade em 2016, quando ele recebeu o seu green card depois de uma jornada longa e difícil. Ele é apaixonado por sua fé em Jesus, sua família (especialmente seus três netos). Desde o acidente, Wagner passou por duas cirurgias, ambas bem sucedidas. Não se sabe ainda por quanto tempo durará esse processo de restabelecimento. Wagner também precisará de terapias e terá que  se adaptar sem a perna esquerda. Quem conhece Wagner, pode atestar sua alegria contagiante e suas risadas. Ele é forte e certamente confiará no bom Deus para ajudá-lo nesse processo. Wagner passou toda a sua vida colocando as necessidades dos outros em primeiro lugar, não apenas da família dele, mas de todos com quem ele entra em contato! Queremos ajudar a dar-lhe um valor que lhe permita colocar suas necessidades em primeiro lugar, por favor considere ajudar com qualquer valor e orações contínuas. Esse dinheiro será destinado a perda de renda por um ano (sem dias de doença e pouco ou nenhum benefício), refeições e cuidados contínuos para o próximo ano – adoraríamos que essa família passasse o próximo ano se concentrando em dar ao Wagner o cuidado que ele precisa para se se ajustar a esse novo modo de vida”. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here