Texas: antes da perseguição contra imigrantes, a tragédia

2
7258

Nada na vida de alguém é de graça. É assim que tem sido na história da humanidade. Com a ascensão de Donald Trump ao poder, houve um grande incentivo nas perseguições e repressão contra imigrantes indocumentados.

Há também o ressurgimento de grupos racistas, anti-imigrantes, supremacistas brancos, xenófobos, Ku Klux Klan, neonazistas e outros idiotas que sentiram-se empoderados e parecem estar dispostos a tudo, haja visto o que aconteceu em Charllotesville, algumas semanas atrás, onde sem se importar com qualquer consequência provocaram a morte de três pessoas.

Um dos estados americanos que tem sido ponta de lança na perseguição a imigrantes indocumentados é o Texas, do medíocre governador Greg Abott, um republicano cretino para quem todo e qualquer imigrante deveria ir embora dos Estados Unidos.

É do Texas que tem vindo exemplos de repressão, e uma ação judicial contra o governo federal exige o fim do DACA e chegam ao cúmulo de dar prazo para que isto aconteça.

Outro exemplo da arrogância de Abott é a perniciosa lei SB4, a mais dura medida contra imigrantes indocumentados, que penaliza as cidades-santuário no Estado do Texas, obrigando que todas as forças de segurança locais cooperem com o U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE), além de conceder amplos e plenos poderes para que imigrantes indocumentados sejam detidos e entregues para as autoridades de imigração. As cidades-santuário no Texas serão punidas de acordo com o texto legal se negarem cooperação com o ICE.

A lei SB4 foi assinada no dia 6 de maio, e está prevista para entrar em vigor na sexta-feira, 1º de setembro e é tida como a mais coercitiva medida anti-imigração, além de ser um divisor de águas em um dos estados americanos mais miscigenados.

Em julho, alguns xerifes e chefes de polícias locais incluindo Dallas e Houston, contestaram o governador afirmando que a medida tornará as cidades e comunidades menos seguras, além de basear-se no perfil racial para agir.

Porém, o que é de se alertar para a tempestade Harvey que se abateu sobre o Estado do Texas no fim de semana passado e provocou a maior destruição da história com uma previsão de mais de US$ 100 bilhões para a reconstrução total.

Ou seja, por mais que não se queira admitir, e muitos não o vão, por mais que se queira ver uma conspiração das forças espirituais, e muitos verão, não se pode ignorar que às vésperas de entrar em vigor a lei SB4, uma tragédia de proporções jamais vistas cai na cabeça do governador racista.

É sem dúvida para se pensar sobre o assunto, queira ou não. O recado da natureza está dado e a lei SB4 será devidamente contestada na justiça como o foi uma medida similar no Arizona, mas se vigorar trará prejuízos imensos para trabalhadores imigrantes, contudo o prejuízo do Texas será imensamente maior e mais custoso. Que outros racistas reflitam sobre o tema…

Atualização: o juiz federal Orlando García, bloqueou parcialmente a lei SB4 de entrar em vigor no dia 1º de setembro

Fotos: reprodução redes sociais

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here