No dia do aniversário, brasileiro faz transplante de pulmão

0
774

O Jornal dos Sports contou a história de Joaquim Gomes da Silva na edição 1088 de 19 de setembro. Mineiro de Itambacuri e morando nos Estados Unidos desde abril de 1985, Joaquim descobriu em 2010, depois de uma tosse renitente que era portador de Fibrose Cística, uma doença grave e incurável que compromete os pulmões – veja box.

Além disto, Joaquim foi acometido na ocasião de uma tuberculose que foi tratada pelos médicos. Logo que foi diagnosticado com a Fibrose Cística, Joaquim tomou conhecimento de que não teria uma vida normal e com o passar dos anos sequer conseguia conversar ou andar por causa da falta de ar e dos males da doença e tinha que carregar tubos de oxigênio por onde fosse e os médicos recomendaram que ele se submete a um transplante de pulmão.

Na maior parte do tempo em que mora nos Estados Unidos, Joaquim trabalhou como cozinheiro, passando pelas cozinhas de alguns restaurantes, sempre residindo na cidade Marlboro.

Joaquim Gomes 1
Joaquim Gomes depois do transplante de pulmão. Reprodução Facebook

Depois de todos os procedimentos médicos e hospitalares Joaquim foi então colocado na fila do transplante e em agosto deste ano recebeu a liberação para ser um receptor. Cada dia mais com a sua mobilidade comprometida, Joaquim recebeu no dia 11 de outubro o maior presente de aniversário da sua vida – um pulmão que foi transplantado depois dos procedimentos cirúrgicos no Brigham and Women’s Hospital em Boston. O Hospital não informou quem foi o doador do pulmão direito para Joaquim, mas se sabe que era um ex-presidiário.

“Os médicos estão surpresos com a minha recuperação pois dois dias depois do transplante eu estava andando e devo ter alta em cerca de três semanas para retomar a minha vida. Quero de algum modo trabalhar para ajudar pessoas que tenham o mesmo problema e sou grato a Deus porque recebi minha vida de volta justo no dia em que completei 61 anos. Os doutores que me operaram me disseram que o meu caso é único, a partir da forma como reagi depois da cirurgia. Eu agradeço cada pessoa que me apoiou e me ajudou neste tempo todo”, conta Joaquim Gomes emocionado como tudo aconteceu.

“Agora a batalha do Joaquim será para complementar o valor que terá que desembolsar de diferença pelos medicamentos que terá que tomar pelo resto da vida. Quem viu o modo como ele estava antes e está agora, sabe que ele teve a sua vida de volta. Esperamos contar com sua ajuda financeira e também com suas orações em favor deste nosso companheiro e compatriota”, diz Jorge Costa que é amigo de longa data de Joaquim e que tomou a iniciativa de promover uma campanha. O seguro para cerca de 80% dos remédios que podem chegar a US$ 1 mil por dia; a diferença é por conta de Joaquim que terá de tomar cerca de 12 a 14 comprimidos por dia.

“Qualquer ajuda é importante e vai ajudar o Joaquim”, finaliza Jorge Costa. Uma conta para este fim foi aberta no Citizens Bank em nome de Joaquim Gomes da Silva; número 1330103413; routing number 211070175.

Demonstrando bom humor e disposição, Joaquim comemorou a vitória do Atlético-MG contra o Corinthians na Copa do Brasil. “Nasci atleticano e renasci com o pulmão novo”, encerrou Joaquim, feliz da vida com o presente que ganhou justamente no dia do seu aniversário.

O que Fibrose Cística?
A Fibrose Cística é uma doença hereditária que causa o acúmulo de muco denso e pegajoso nos pulmões, no trato digestivo e outras áreas do corpo. É uma das doenças pulmonares crônicas mais comuns em crianças e adultos jovens. Essa é uma doença que envolve risco de vida. A Fibrose Cística (FC) é causada por um gene defeituoso que faz com que o corpo produza um líquido anormalmente denso e pegajoso chamado muco. O muco se acumula nas passagens respiratórias dos pulmões e no pâncreas, órgão que ajuda a decompor e absorver o alimento.

Reportagem publicada originalmente no Jornal dos Sports USA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here