NA Arquibancada: na zona de rebaixamento, Cruzeiro demite Ney Franco

0
277
Ney Franco sucumbiu em um Cruzeiro em crise. Foto: Gustavo Aleixo/Cruzeiro

Frase
Qual seria o momento? Quando estivesse na zona de rebaixamento?
Alexandre Campello, presidente do Vasco, justificando a demissão do técnico Ramon Menezes

Sobe 
Robinho
Aos 36 anos, o ‘Pedalada’, que podia ter ido mais longe na sua carreira foi anunciado pelo Santos, no sábado, 10, como o novo atacante do time. É a sua quarta passagem pelo clube da Vila Belmiro

Desce
Ney Franco
Duas vitórias; quatro derrotas e um empate. Essa foi a campanha de Ney Franco como técnico do Cruzeiro que o demitiu no domingo, 11. O Cruzeiro é o 19º colocado na Série B… 

Brasileirão Série A
15ª rodada
Sábado, 10 de outubro
Vasco 1 x 2 Flamengo
Palmeiras 0 x 2 São Paulo
Coritiba 0 x 0 Fortaleza
Atlético-MG 3 x 0 Goiás
Domingo, 11 de outubro
Fluminense 1 x 0 Bahia
Santos 2 x 1 Grêmio
Sport 1 x 2 Botafogo 
Atlético-GO 2 x 1 RB Bragantino
Internacional 2 x 1 Athletico-PR
Ceará 2 x 1 Corinthians

Mesmo perdendo a vantagem de cinco pontos, o Atlético-MG é o líder com 30 pontos ganhos; o Internacional é o vice-líder com 28 pontos ganhos; o Flamengo é o 3º com 27 pontos ganhos e fechando o G4, o São Paulo está em 4º com 26 pontos ganhos. Na zona do rebaixamento estão o Corinthians em 17º com 15 pontos ganhos; o Coritiba é o 18º com 13 pontos; o Bragantino é o 19º com 12 pontos e o Goiás com 9 pontos ganhos está na lanterna da Série A.

Brasileirão Série B
15ª rodada
Sexta-feira, 9 de outubro
Figueirense 0 x 0 Chapecoense
Operário 1 x 1 Confiança
Cuiabá 2 x 1 Ponte Preta
América-MG 2 x 0 Náutico
Sábado, 10 de outubro
Juventude 1 x 2 Brasil de Pelotas
Vitória 1 x 2 Avaí
Guarani 3 x 1 CRB
CSA 4 x 0 Paraná
Domingo, 11 de outubro
Oeste 0 x 0 Cruzeiro
Sampaio Corrêa 2 x 0 Botafogo

Eliminatórias Sul-Americanas
O Brasil largou bem na eliminatórias para a Copa do Mundo no Catar, ao golear a Bolívia na Neo Química Arena em São Paulo por 5×0. A seleção volta a campo na terça-feira, 13, contra o Peru em Lima. Confira os resultados da 1ª rodada e os jogos da 2ª rodada.

1ª rodada
Quinta-feira, 8 de outubro
Paraguai 2 x 2 Peru
Uruguai 2 x 1 Chile
Argentina 1 x 0 Equador
Sexta-feira, 9 de outubro
Colômbia 3 x 0 Venezuela
Brasil 5 x 0 Bolívia

2ª rodada
Terça-feira, 13 de outubro
Bolívia x Argentina
Equador x Uruguai
Venezuela x Paraguai
Peru x Brasil
Chile x Colômbia

Na apresentação, Wendel foi hostilizado por torcedores do Zenit

De novo e outra vez…
A torcida do Zenit, clube russo não perdoou e esculachou nas redes sociais o volante Wendel, ex-Fluminense que foi contratado e anunciado na terça-feira, 6. O brasileiro que é negro foi duramente ofendido nas redes sociais por torcedores do Zenit que não aceitam negros no seu elenco. O mesmo já havia acontecido anteriormente com os brasileiros Malcom e Hulk – que foi o primeiro jogador não branco a vestir a camisa do Zenit, que fora contratado por US$ 72 milhões e salários de mais de US$ 8 milhões por ano, o que provocou reações no elenco. e se orgulham do fato jamais na história do time um jogador não branco vestiu a sua camisa – fato que foi quebrado na época do brasileiro. Torcedores do Zenith chegaram a ir em alguns jogos vestindo capuzes brancos ao modo dos racistas americanos da Ku Klux Klan e além de entoarem cantos racistas e preconceituosos por causa disto foram ameaçados de banimento das competições da Fifa e da Uefa. O certo é que nunca mais foram observados torcedores encapuzados nos jogos do clube.

Torcedor do Zenit, paramentado com o capuz racista da Ku Kux Klan

Irremediável
A Rússia não se emenda na questão do racismo e a barra por lá é pesada em termos de preconceito e com fartas demonstrações de idiotice quando se trata de manifestações racistas. Em 2018, durante a partida Spartak de Moscou x Liverpool pelo Grupo E da Champions League, torcedores imitaram sons de macacos quando o senegalês Sadio Mané tocava na bola. Ao ser substituído por Sturridge que também foi alvo de manifestações racistas, Mané pediu que as provocações tivessem fim. Em 2016, o goleiro brasileiro Guilherme que é branco – e joga no Lokomotiv se naturalizou para jogar na seleção russa, foi chamado de macaco justamente pela torcida do Spartak que cantaram insultos raciais – “Banana, banana mama. Para que diabos a seleção russa precisa de um macaco?” Em setembro de 2010 a torcida do Lokomotiv Moscow estendeu uma faixa ofendendo o nigeriano Peter Odemwingie que se transferiu para o inglês West Brom Albion. De imediato um dirigente da federação russa de futebol foi a público dizer que a banana da faixa nada tinha a ver com racismo e sim com algo de errado que o jogador havia feito e que a banana na Rússia não tem a conotação que queriam dar. Disse ainda o dirigente que Odemwingie não se empenhava tanto no clube como fazia na seleção do seu país, daí a faixa.

Isaac, Davi e Rony Jabour; torcedores do Flamengo

Torcedor da semana
Rony Jabour
Rony Jabour, colatinense e flamenguista de coração, transmitiu aos filhos Davi, 10 anos e Isaac, 8 anos a paixão pelo clube carioca. No ano passado, devidamente uniformizados, os três foram assistir aos jogos do Flamengo na Florida Cup, onde conviveram de perto com os jogadores, e viveram momentos inesquecíveis. “O Diego Ribas nos levou ao hotel onde o Flamengo estava hospedado. Eles quase morreram do coração, de felicidade”, diz Rony, que também levou os filhos para tirar fotos com os jogadores do Palmeiras. “Eles tornaram-se fãs do Dudu este ano, que nos tratou super bem e eles ficaram encantados”, mas mesmo assim, continuam felizes e satisfeitos com o Flamengo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here