Morte de Bruno Dançarino em Danbury é cercada de mistério

0
568

A morte do brasileiro Bruno Araujo, 34 anos, conhecido como Bruno Dançarino, em Danbury, Estado de Connecticut, no sábado, 31 de de dezembro é cercada de mistérios e chocou a todos os seus amigos.

Bruno que era natural de Governador Valadares, MG, estava nos Estados Unidos há cerca de 15 anos e era dono de uma companhia de construção, havia participado de uma festa com amigos e chegou em casa por volta das 6 horas da manhã do sábado, para uma afterparty e horas depois os participantes foram embora da casa de Bruno, cujo corpo foi encontrado por uma house cleaner na tarde do sábado, deitado em um sofá. “O Bruno estava há cinco anos frequentando academia e se sabia que ele fazia uso de anabolizantes, pois o seu corpo tomou outra forma desde então, o que tornava evidente o uso de fórmulas. Também na cidade fala-se em overdose de drogas, já que ele andava cercado de gente o tempo todo, e a fama destas pessoas não é muito boa. Ele era um festeiro”, disse um amigo de longa data de Bruno Dançarino.

“Ele estava sem falar com seus pais a três anos, quando estes se separaram, o que ele não concordava. Era um rapaz muito bom, amigo, inteligente e é uma pena que tenha morrido tão jovem”, finaliza o amigo de Bruno, cujo corpo ainda não foi liberado pelas autoridades de Danbury.

Fotos: reprodução do Facebook

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here