Militar brasileiro recebe honraria da U.S. Marines por ato de bravura

0
1350
Geann Pereira 3
O 1º Sargento Geann Pereira recebeu a mais alta honraria da U.S. Marines por ato de bravura fora de combate. Fotos: arquivo pessoal

Embora o caso tenha acontecido acerca de um ano, nunca é demasiado tarde para contar a história do brasileiro Geann Pereira, 34 anos, 1º sargento da U.S. Marines. Pereira que é natural de Mantena, Minas Gerais, morou em Martha’s Vineyard, Massachusetts, arriscou a sua vida na tarde do dia 11 de outubro de 2015, quando servia na base de Camp Resolute Support em Kabul, no Afeganistão para salvar a vida de quatro pessoas.

Um acidente com um helicóptero britânico Puma Mk2 que fazia parte da força de coalização da Otan caiu quando tentava pousar em um campo de futebol. “Havia no lugar umas pessoas e o piloto resolveu abortar o pouso e bateu em um cabo de aço que ancorava um balão onde estavam câmeras de vídeo. Isto provocou a queda do helicóptero que tinha nove pessoas a bordo”, afirma Geann Pereira. Morreram dois aviadores americanos, os dois pilotos britânicos e um agregado francês que estavam a bordo do helicóptero.

Geann Pereira que na época era sargento de artilharia, foi o primeiro a chegar à cena do acidente e durante horas tirou dos destroços os feridos e os que haviam morrido. O combustível do aeronave vazava e Geann usou alicates de pressão para cortar os dstroços e chegou a se arrastar pelo chão para entrar e sair do helicóptero.

A certa altura passou quase uma hora ao lado de passageiro ferido que estava preso nas ferragens, estabilizando-o e buscando tira-lo de dentro da aeronave, enquanto que outros militares cortavam o teto do helicóptero. Nesta altura, outros militares já estavam envolvidos na operação que durou cerca de quatro horas.

Havia outras pessoas, mas o sargento Geann foi o primeiro a agir ao entrar dentro do helicóptero em busca de sobreviventes. “Quando ouvi o barulho da queda do helicóptero imediatamente fui ao local e não hesitei um instante sequer para entrar em ação, pois era meu dever interferir naquela situação, pois um marine deve sempre estar pronto para ajudar outras pessoas em situação de risco”, disse Geann Pereira.

Em 2016, o 1º sargento Geann recebeu das mãos do general-de-brigada Kevin Liams, comandante da Tropa Sul do U.S. Marines a Navy and Marine Medal, a mais alta condecoração por atos de bravura e heroismo fora de combate. Liams referiu-se ao brasileiro como um verdadeiro herói americano. O ato de heroísmo de Geann Pereira foi contado em uma reportagem do Marine Corps Times. “Faria tudo de novo, e só lamento pelos que perderam suas vidas”, disse Geann ao blog.

A missão no Afeganistão não era a primeira na carreira militar de Geann Pereira, que chegou aos Estados Unidos em 1993 e já havia servido no Iraque em 2008.

Geann Pereira que é militar desde 2001, é casado com a brasiliense Hellen e pai da Savannah, de 6 anos, Daniel de 18 meses e de Allie que deve nascer em breve. Atualmente mora na Carolina do Norte onde presta serviço como 1º sargento e conselheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here