MAIS um caso de pedofilia na comunidade. Desta vez cometido por um pai

Lamentavelmente mais um caso de pedofilia na comunidade brasileira

1
47538
Edgard Paulo Augusto é acusado de ter abusado sexualmente de sua filha menor de idade

O assunto envolvendo mais um caso de pedofilia e abuso sexual, contra um brasileiro domina as conversas nos muitos salões de beleza na região de Allston-Brigthon e dão conta de que Edgard Paulo Augusto, o Paulinho, 41 anos, abusou sexualmente de sua filha menor de idade. Os abusos acontecem há cerca de dois anos e meio.

Há cerca de três anos aproximadamente Paulinho trouxe do Brasil um casal de filhos, que havia deixado ainda pequenos para morar com sua nova família aqui nos Estados Unidos. Os filhos que vieram pela fronteira com o México moravam em Pancas, ES.

Uma testemunha com conhecimento do que aconteceu, falou ao blog com o compromisso de ter o seu nome omitido. “Conheço o Paulinho e sua esposa há alguns anos e não acreditei quando soube do que aconteceu. Os filhos vieram morar com ele, a filha da esposa dele e de um filho que eles tem juntos. As pessoas notaram que a filha dele vivia cabisbaixa e acabrunhada pelos cantos na comunidade evangélica que eles frequentavam. Muitas pessoas comentavam o assunto e no fim do ano passado, houve uma circunstância em que a menina acusou ele na igreja de abuso sexual. Sei que ele negou na hora, mas depois admitiu diante de algumas pessoas que cometia os abusos sexuais contra a garota que atualmente tem 16 anos de idade”, diz.

Uma pessoa da família de Paulinho o denunciou no Departamento de Polícia de Burlington, Estado de Massachusetts, no dia 17 de janeiro. No dia seguinte Paulinho foi libertado e tem uma audiência marcada na Corte Distrital da cidade.

O Department of Children and Families (DCF) foi acionado e interviu na situação e atualmente Paulinho está obrigado a se manter longe da família e em especial dos filhos por causa de uma restraining order e o DCF cogita levar as crianças para um foster home.

Paulino que apresentou uma crise nervosa, foi levado para uma clínica onde está sendo tratado.

“As pessoas estão muito chocadas com o fato de que mais uma família tenha sido atingida por um escândalo que é o abuso sexual. Os detalhes do caso são repugnantes e custa crer que um homem que se diz religioso possa cometer um desatino destes. É por estas coisas que a gente acaba perdendo a fé na humanidade, pois quando um pai não respeita a própria filha é sinal que o tempo está no fim. Eu lamento muito pela menina que não tem culpa do pai que tem, se é que este pedófilo pode ser chamado de pai. Estou revoltada”, diz outra pessoa que conhece a família.

Extrato da prisão de Edgard Paulo Augusto, no Departamento de Polícia de Burlington

Embora a prisão de Edgard Paulo Augusto tenha acontecido no mês de janeiro, e o caso ter sido revelado só agora, a comunidade brasileira em Massachusetts está abalada por outro escândalo de pedofilia envolvendo Adalberto Henriques de Freitas, que abusou sexualmente de meninas que ficavam em um day care que funcionava sem autorização na cidade de Quincy. Adalberto que está preso e terá uma audiência no dia 28 de fevereiro, é considerado um fugitivo da Justiça de Minas Gerais por crimes semelhantes contra meninas.

Atualização – terça-feira, 13 de fevereiro – 2.56 PM
O blog recebeu e-mail de Juliana Augusto, esposa de Edgard Paulo Augusto e enviou uma resposta com perguntas sobre o caso para publicação. Até a presente atualização Juliana Augusto não havia respondido a mensagem.

Fac-simile do e-mail recebido de Juliana Augusto
Fac-simile do e-mail enviado a Juliana Augusto

 

1 COMENTÁRIO

  1. que absurdo. Como um pai tem coragem de fazer isso a uma filha? espero que seja julgado e condenado a prisão perpetua, porque se ele for deportado, não ira adiantar nada a condenação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here