Lowell: Paiol Steak House é acusado de não pagar salários

0
431

A reportagem do JS foi procurada por uma brasileira, moradora de Lowell informando que trabalhadores do Paiol Steak House que foi inaugurado em 2016 com pompa e circunstância não paga salários a alguns dos seus funcionários.

Pelo menos cinco deles se queixaram de não receber seus salários em dia, e consta que o atraso para alguns deles é de cerca de 60 dias.

“Eles estão desesperados e uma delas machucou o dedo no trabalho e o ferimento infeccionou. Ela foi despedida por uma mensagem de texto e não acho correto o que a Bete – Elisabete Antunes Freitas e seu marido – Robinson Barbosa estão fazendo. Se as pessoas trabalharam tem que receber, pois isto é de direito deles. O pior de tudo é que quando as pessoas reclamam há quem fale em denuncia-las para a Imigração como forma de intimidação”, diz a pessoa que sugeriu a reportagem.

Uma destas funcionárias é Rose Meire não quis falar sobre o assunto com a reportagem, mas a informação consta de uma postagem que foi feita por ela no Bazar Lowell e Regiao (SIC) no Facebook.

“Procuro trabalho.. Procuro help, part time ou full time. Trabalhei por alguns meses em um restaurante em Lowell.. fiquei sem receber por varias semanas.. me machuquei trabalhando e esse ferimento se complicou.. precisei afastar com ordem medica.. e esse restaurante me dispensou e ainda não acertou 1 cents do salario. Portanto estou zerada e preciso pagar as contas… POR FAVOR SE SOUBEREM DE QUALQUER OPORTUNIDADE ME AVISEM”, (SIC), diz o post datado do dia 5 de fevereiro.

Tal como Rose Meire, outras pessoas que trabalharam e não receberam foram procurar um advogado e o caso será levado à justiça.

Procurados, os proprietários do Paiol Steak House disseram que tudo não passa de mentiras e de vingança dos trabalhadores e que estão tomando as providências judiciais para processar quem os acusa nas redes sociais. Também negaram que tenham ameaçado entregar quem quer que seja para a Imigração, responsabilizando uma gerente do restaurante pelos problemas com funcionários e ex-funcionários. “A partir de sexta-feira, assumo a administração e tudo vai mudar e quem reclama qualquer pagamento que me procure que vai receber”, afirmou Elisabete Antunes Freitas. Sobre o ferimento e o afastamento de Rose Meire, as verbas trabalhistas dela devem ser pagas pelo Work Compensation, afirmou Robinson Barbosa. No fechamento da edição, Robinson Barbosa resolveu partir para as ameaças e tentou constranger o Editor de o JS.

Em reportagem publicada no blog, Danielle Vilella do Centro do Trabalhador Imigrante orienta como reclamar contra o roubo de salários e verbas trabalhistas, diretos do trabalhador e as penalidades para quem dia calote em trabalhadores.

Publicado anteriormente no Jornal dos Sports USA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here