Incêndio em Lowell desaloja família de brasileiros

0
531

O brasileiro Reinaldo Medeiros, sua esposa e enteados, foram algumas das 12 famílias desalojadas na noite da quinta-feira, 8, por um incêndio que destruiu parcialmente o prédio de apartamentos que eles moravam em Lowell, Massachusetts (fotos). O fogo teria iniciado em um curto circuito em um aparelho de ar condicionado em um outro apartamento vizinho ao de Reinaldo.

Há cerca de cinco anos morando no imóvel como inquilino, Reinaldo não perdeu nada e seu inconveniente será o de ter que se mudar para um novo imóvel. “Não estava preparado para isto e já retirei as minhas coisas do apartamento pois está tudo interditado pelas autoridades”, diz Reinaldo. Mas outros moradores perderam quase tudo seja pela ação do fogo, seja pela água e material químico usado pelos bombeiros. “Não tenho seguro, pois nunca pensamos que isto vai acontecer conosco”, afirma Reinaldo que não tem uma apólice de seguro para cobrir eventuais prejuízos do incêndio e da mudança repentina.

Para conhecer os direitos e deveres de locadores e locatários em Massachusetts, clique aqui.

Jonatan Dalla Costa
Jonatan Dalla Costa recomenda que inquilinos façam um renters insurance que cobre o segurado contra fogo, roubo, catástrofes e mais. Foto: Divulgação

Poucos inquilinos efetivamente se preocupam em ter uma apólice de seguro, que segundo as palavras de Jonatan Dalla Costa da A-Costa Insurance Agency em Framingham é um procedimento relativamente fácil de se obter. “Eu recomendo que todos os inquilinos tenham um seguro para aluguel (renters insurance). Uma apólice de renters insurance cobre o segurado contra fogo, roubo, catástrofes e mais. O segurado geralmente pode comprar uma apólice de seguros que cobre o valor dos pertences pessoais que possui dentro da propriedade que ele aluga. O custo para esse tipo de seguro é bem acessível, e o beneficiário é o dono da apólice de seguro, no caso o inquilino, já que o proprietário tem o seguro do imóvel”, diz Dalla Costa.

O valor da apólice é baseado no valor dos pertences pessoais do segurado, e esse tipo de seguro geralmente é feito como um blank policy. Isso significa que o segurado não precisa fazer uma listagem dos pertences que ele possui, basta que ele liste o valor estimado dos seus pertences pessoais.

“Vale lembrar que toda a apólice para inquilinos têm limites especiais para certos itens. Por exemplo, jóias, armas de fogo, obras de arte, instrumentos musicais e etc. É recomendado que o segurado consulte o seu agente de seguros para ter a certeza de que ele/ela tem a cobertura apropriada. O inquilino pode também listar esses pertences para ter uma cobertura mais ampla por uma taxa extra anual”, continua.

Jonatan afirma que o dono do imóvel não é responsável por danos causados ao inquilino e geralmente a apólice de seguro que o imóvel possui não dá direito algum para o inquilino. Existem algumas apólices de seguros que providenciariam coberturas limitadas para inquilino.

“Eu recomendaria que o inquilino consultasse um advogado para que esse possa requerer a cópia da apólice do imóvel e assim determinar se existe alguma indenização para o inquilino. Como eu falei, o valor para esse tipo de apólice de seguros depende da quantia exigida pelo inquilino. Exemplo, uma cobertura para US$ 20 mil sairia em média US$ 140 por ano”, finaliza Jonatan Dalla Costa, que informa que a A-Costa Insurance faz seguros para inquilinos. Tanto para quem está alugando uma propriedade para moradia quanto para quem aluga um estabelecimento comercial. “A A-Costa Insurance Agency faz seguros para inquilinos para qualquer pessoa que está procurando cobertura para seus pertences pessoais”, conclui.

Para fazer uma apólice de renters insurance não é necessário que a pessoa possua social ou ITIN number para obter esse tipo de seguros.

Prestação de serviço
A-Costa Insurance Agency
2 Franklin Commons
Framingham, MA – 01702
508.875-3488
Para acessar a home page da A-Costa, clique aqui.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here