House cleaner cai em golpe do cheque falso

0
37

O golpe é antigo mas sempre faz novas vítimas e uma delas foi a brasileira Cristina Ramos que foi contatada por uma mulher chamada Cindy que viu o seu classificado em um site onde ela anuncia e oferece seus serviços de house cleaner, baby sitter e cuidadora de idosos. Cindy queria que Cristina limpasse a sua casa e cuidasse dos seus filhos quando ela chegasse em Boston com seu marido que estava sendo transferido. O contato foi feito por telefone assim como as negociações de preço e condições.

A história era convincente, já que Cristina ouvia as crianças no fundo e em pelo menos duas vezes uma delas chorava. “Era tudo muito real, embora a mulher que se identificou como Cindy sempre ligasse de um telefone privado. A história era a de que o marido dela estava sendo transferido para trabalhar em Boston e até me mandou fotos da casa em que iriam morar em Saugus que teria de estar limpa quando eles chegassem. Ela me mandou as chaves pelo correio e disse que me daria o endereço dias antes da mudança”, diz Cristina.

Depois de alguns telefonemas, Cindy pediu as informações de Cristina, para que enviasse um cheque no valor de US$ 2,630 mil correspondente ao pagamento de seus salários e que portanto seria emitido por uma empresa. Cristina deveria depositar o cheque que veio do Canadá, reter os US$ 600 que seria o seu primeiro pagamento e devolver o restante para um determinado endereço apontado por Cindy.

Dias depois disto, Cristina foi avisada que o cheque depositado era falso e que ela precisava cobrir a conta. “Até hoje busco entender como cai neste golpe, pois a história é tão bem montada que não há como desconfiar de nada. A tal da Cindy me parecia uma típica mãe e dona de casa em apuros com mudança, com os filhos pequenos e com os cuidados com a família. Nunca que eu poderia imaginar que seria um golpe cuja vítima era eu”, afirma.

Cristina enviou o troco do cheque por money order para um endereço em Atlanta, Geórgia. “Fui na polícia de Everett, Massachusetts, e o detetive me disse que todos os dias têm gente caindo neste golpe. Usei algumas economias para cobrir a conta no banco e o pior é que nem tenho como reclamar de nada. Estou frustrada, decepcionada e com raiva. Continuo anunciando meus serviços e não atendo mais quem liga de telefone privado”, finalizou Cristina Ramos. O estabelecimento onde a money order enviada foi paga não tem câmaras de vigilância.

Fake checks
Exemplos de cheques falsos usados em golpes

Não caía em golpes
São milhares de golpes e espertezas que são praticados por espertalhões e vigaristas que não medem esforços para roubar o que puderem de pessoas incautas e que as vezes não se dão conta de que estão sendo lesados. Os golpes financeiros no mundo todo acumulam bilhões de dólares anualmente e o melhor antídoto para não ser a próxima vítima é estar informado, perguntar, e jamais pagar qualquer quantia a quem quer que seja.

– Não forneça seus dados pessoais – endereços, telefone, e-mail, número de documentos conta corrente bancária a ninguém
– Não preencha formulários na internet
– Não pague nada a ninguém antecipadamente por vagas ou promessas de empregos
– Não responda e-mails que oferecem dinheiro ou vantagens financeiras – é fraude
– Se receber cheques para desconto e envio do dinheiro, jogue fora, pois pode ser um golpe
– Não envie ou compre ‘money order’ ou faça depósito em contas de pessoas que não conhece
– Não empreste ou use sua conta para depósito ou saque de cheques ou dinheiro pois sua origem pode ser criminosa ou lavagem de dinheiro
– Se nada disto funcionar com você, se pergunte por que alguém que não te conhece te mandaria um cheque ou depositaria dinheiro na sua conta?
– Na dúvida consulte um advogado. Ou chame a polícia…

Imagens meramente ilustrativas

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here