GOLPES e golpistas: cuidado com eles

Da próxima vez, antes de doar, pergunte...

0
8694
Casal que teria aplicado golpes em igrejas

O recente episódio de um casal que teria passado por uma igreja cristã evangélica em Cambridge e com crianças no colo contou uma história triste que comoveu a todos e saíram de lá com algum dinheiro no bolso é mais comum do que se pensa. Aqui na comunidade brasileira isto é recorrente. O último golpe teria sido protagonizado por José Elias Viviani, conhecido por extorquir dinheiro meses atrás. Viviani e sua família vivem da caridade alheia e tempos atrás saiu da Igreja Católica Santo Antonio de Everett que lhe deu dinheiro por três anos, falando mal do padre que se recusou a dar-lhe mais dinheiro. Ele e sua mãe foram ajudados em mais de US$ 5 mil, fora as doações de alimentos e outros gêneros. A comunidade católica pagou diretamente à concessionária cerca de US$ 2 mil em contas de energia elétrica atrasadas. “A mãe é vítima de um filho e uma filha que não tem vergonha na cara e por isso sai para pedir dinheiro com os netos”, disse uma pessoa que não vai ser identificada e que conhece o caso em detalhes.

Gente que não tem vergonha em pedir, e que os despudoradamente não hesita em até mentir para se apoderar do dinheiro alheio.

Anos atrás Devair Lucas chegou na comunidade brasileira em Massachusetts contando histórias mirabolantes e tenebrosas de agressões violentas que teria sofrido em Governador Valadares depois de se envolver em alguns negócios obscuros com políticos. Devair mostrava supostas provas do que havia acontecido com ele e no seu começo de vida aqui nos Estados Unidos vendia adesivos para se sustentar. Algumas pessoas reclamaram do assédio moral que era imposto por Devair que queria se sustentar com aquilo.

Devair Lucas

Depois tentou ser palestrante nas igrejas e terminou sua carreira na América preso depois que tentou chantagear e extorquir alguns pastores e empresários. Chegou inclusive a ameaçar um empresário e extorquiu dele US$ 30 mil. Alegando uma dívida de US$ 250 mil que o pai deste empresário havia contraído com ele no Brasil, Devair ameaçou matar a família do homem e se deu mal quando tentou fazer o mesmo com um pastor.

Depois de ficar preso por alguns meses, Devair foi libertado e voltou para o Brasil onde escreveu um livro acusando diversas pessoas de prejudica-lo. Devair poderia até ter alguma razão e fundo de verdade nas suas histórias, mas a impressão que deixou por aqui foi a de um homem inescrupuloso que queria viver as custas da caridade e da bondade alheia e que por pouco não envereda por um caminho sem volta da violência e da marginalidade.

Recentemente, o escândalo aconteceu com a campanha de arrecadação de fundos do menino Jonatas, que terminou com o embargo do dinheiro obtido através de doações no Brasil. Aqui em Massachusetts, todos os dias pessoas cobram da responsável pela campanha uma prestação de contas que foi feita através do Go.FundMe.com. Há algumas semanas circulou a informação de que não havia registro da entrada do dinheiro arrecadado aqui nos Estados Unidos no caixa de campanha no Brasil.

Os golpes e as espertezas que apelam para a caridade alheia são muitas e variadas. Da próxima vez que alguém pedir alguma coisa. pergunte se tem fome. Se tiver compre comida, mas não dê dinheiro, por mais comovente que seja a histórinha contada…

Diga não aos golpes
– Não se emocione e nem se comova com dramas
– Se puder certificar-se de que a pessoa realmente precisa, faça isto
– Se for alguém falando em nome de alguma entidade, telefone para saber se é verdade
– Encaminhe o pedinte para alguma entidade assistencial
– Se houver criança envolvida na história acione o DCF
– Se tiver dúvidas acerca do pedido, não dê dinheiro
– Se desconfiar da história, chame a polícia…

Fotos: reproduções redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here