FLA USA NE, a torcida do Flamengo em New England

0
606

“Uma vez Flamengo, sempre Flamengo
Flamengo sempre eu hei de ser
É meu maior prazer vê-lo brilhar
Seja na terra, seja no mar
Vencer, vencer, vencer!
Uma vez Flamengo, Flamengo até morrer!”, e é exatamente isto o que move milhares de pessoas que mesmo morando fora do Brasil, jamais desgrudam os olhos – e o coração do Flamengo, clube pelo qual torcem. A tarefa hoje é facilitada pela qualidade dos meios de comunicação, pela televisão, pela internet e ultimamente pelo WhatsApp que através dos grupos de interesse específico liga os aficionados pelo clube do qual se é torcedor.

Identificação visual da FLA USA NE. Reprodução

Este é o caso específico de Carlos Eduardo Meireles Cosendey, niteroiense de nascimento e morando há 20 anos nos Estados Unidos. Torcedor do Flamengo, Cosendey fala da sua relação com o Rubronegro. “Sou flamenguista desde que nasci, influenciado por meu pai que por vezes me levava ao Maracanã. Hoje percebo que eu não escolhi o Flamengo, foi o Flamengo quem me escolheu”, diz. “É ter um coração batendo fora do peito. É amar o time além da vida. É fazer parte de uma nação e ver o adversário tremer em uma decisão. Ser Flamengo, é para os fortes”, diz sobre como é ser um flamenguista.

Sempre interessado pelas coisas do Flamengo, Carlos Eduardo Meireles Cosendey, resolveu ele próprio criar uma torcida flamenguista em New England.

“Ao participar de vários grupos de WhatsApp sobre o Flamengo no Brasil, via o interesse de brasileiros nos Estados Unidos de se atualizar com notícias do clube. Criei o grupo WhatsApp FLA USA NE, e foi onde tudo começou. Dia 26 de junho deste ano criamos a torcida e fomos reconhecidos pelo Clube de Regatas do Flamengo como um Consulado”, diz sobre a criação da torcida da qual é o presidente, embora existam outras pessoas envolvidas no projeto. Consendey diz que antes mesmo do Consulado ser criado, obtiveram o apoio e incentivo de Maurício Gomes de Matos que é vice-presidente-Geral do Flamengo e do coordenador-geral das Embaixadas Eduardo David Barbosa para criação a criação da FLA USA NE.

Embora não seja a única torcida organizada do Flamengo nos Estados Unidos, a FLA USA NE é um projeto recente que caminha para o sucesso e depois de apenas três semanas oficializada como Consulado pelo Flamengo, a página já conta com mais de 1.200 usuários no Twitter e grupos informativos no WhatsApp de acordo com Cosendey. “Não é cobrada nenhuma taxa de filiação e a FLA USA NE se reunirá para confraternizar e assistir aos jogos no Oliveira’s Restaurant em Everett já que o Wilton Rangel é o nosso primeiro patrocinador. Pelo curto período de formação da FLA USA NE, as camisas da torcida ainda estão passando por um processo de definição de logo e arte, e todos os torcedores do Flamengo que moram nos Estados Unidos podem se filiar sem nenhum problema. A FLA USA NE participará do encontro de confraternização dos Consulados e Embaixadas no dia 18 de novembro na sede da Gávea no Rio de Janeiro”, finaliza Carlos Eduardo Meireles Cosendey.

Por enquanto, a FLA USA NE não está engajada em nenhum projeto social, o que não está descartado no futuro. O certo é que a paixão pelo Flamengo une brasileiros em New England para torcer e comemorar.

A FLA USA NE tem recebido vídeos e mensagens de Zico, do ex-presidente Edmundo Santos Silva e outros antigos ídolos além de personalidades flamenguistas como o locutor esportivo Luiz Penido que fez questão de mandar uma mensagem para os integrantes da torcida.

Prestação de serviço
FLA USA NE
Fone/WhatsApp 508.596-4535 – Carlos Eduardo Meireles Cosendey
@_flausa no Twitter e no Instagram

Foto da capa: Carlos Eduardo Meireles Cosendey no estádio Mané Garrincha na partida Flamengo 2×0 Atlético-MG em 2016. Arquivo pessoal

Publicada originalmente no Jornal dos Sports USA