EVERETT: assassino de ex-esposa não tem direito a fiança

Emilio Matarazzo não tem direito a fiança. Nova audiência acontecerá em 18 de janeiro

0
878
Violência doméstica e abusos físicos teriam sido a causa da separação

Em uma audiência que aconteceu na quinta-feira, 20, na Corte Distrital de Malden, Emilio Matarazzo, 55 anos, que na quarta-feira, 19, assassinou a tiros em Everett, sua ex-esposa Ersilia Cataldo Matarazzo, determinou que ele não tem direito a fiança. As informações são do jornal ‘The Boston Globe’.

Emilio Matarazzo se declarou inocente do assassinato. O casal que teve três filhos, estava em processo de separação litigioso depois de 30 anos de casamento. Em novembro, Ersilia pediu o divórcio pois estaria sendo vítima de abusos e violência por parte de Emilio. No aniversário de 50 anos de Ersilia em 15 de dezembro, Emilio enviou um cheque de US$ 20 mil, uma caixa de chocolates e uma carta com um pedido de perdão, na expectativa de restaurar o casamento e de acordo com informações das autoridades, tanto o cheque quanto os presentes foram devidamente devolvidos por ela. Depois disto, Emilio Matarazzo tornou-se mais agressivo.

Recentemente, Ersilia Cataldo manifestou a amigos e parentes que tinha receio de que algo pudesse acontecer e que temia por sua segurança.

Uma nova audiência está marcada para o dia 18 de janeiro de 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here