DECLARAÇÃO sobre a política migratória dos EUA

Declaração da Paróquia Saint Tarcisius e do Brazilian American Center (BRACE) em Framingham, MA, sobre a atual política migratória do governo dos Estados Unidos

1
1538
Brazilian American Center, Framingham, MA. Foto: Jehozadak Pereira

Declaração da Paróquia Saint Tarcisius e do Brazilian American Center (BRACE) em Framingham, MA, sobre a atual política migratória do governo dos Estados Unidos

Framingham, Massachusetts, 19 de julho de 2018

Paróquia de São Tarcísio, Framingham, MA. Foto: Jehozadak Pereira

“A Paróquia Saint Tarcisius e o Brazilian American Center expressam preocupação com a política de tolerância zero atualmente implementada pelo governo dos Estados Unidos em relação aos imigrantes que precisam urgentemente de nossa proteção compassiva. Levantamos as nossas vozes juntamente com as de outras organizações da sociedade civil e religiosa, a nível local e regional, juntamente com agências internacionais, em apoio e defesa das  famílias separadas, vítimas desta política imoral, cruel e desumana que afronta os  direitos humanos e a dignidade das pessoas. Todos os dias, na paróquia e no BRACE, testemunhamos o sofrimento dos migrantes e deslocados, forçados a fugir de seus países de origem, devastados pela guerra, tráfico de drogas, pobreza, corrupção, tirania, desigualdade e despotismo. Famílias, especialmente mulheres e crianças, são alvos desses regimes corruptos e opressivos e são forçadas a abandonar suas comunidades de origem. Algumas são expulsas pela pobreza e falta de trabalho e outras ainda pelas ameaças de morte e atos de abusos violentos. É injusto criminalizar os imigrantes. Essas famílias não são criminosas e não devem ser tratadas  como tal. A separação das crianças de seus pais não apenas causa trauma psicológico imediato, mas também afeta sua saúde mental pelo resto de suas vidas. Essas práticas violam os direitos fundamentais das familiares. Pare-se imediatamente com essa prática. Famílias detidas vieram em busca de proteção e asilo. São pessoas em condições de extrema vulnerabilidade e não representam ameaça à sociedade americana e seus cidadãos. Em nenhuma circunstância as crianças devem ser privadas de liberdade, detidas e separadas dos seus pais. Essas medidas afetam também os valores sociais, morais e éticos que sempre caracterizaram os Estados Unidos da América. Solidariedade não é uma questão de compaixão, mas de justiça e ética. O atual contexto social e político está gerando uma atmosfera de medo e perseguição que faz com que os migrantes, mesmo aqueles em status migratório regular, queiram passar despercebidos, enquanto cria uma onda de intolerância, xenofobia e discriminação generalizada. Ao invés de manter o argumento do alto custo da migração irregular, os Estados Unidos deveriam se comprometer a trabalhar com os países de origem desses povos empobrecidos e às vezes oprimidos e concentrar esforços para trabalhar nas causas da migração, conclamando esses países a compartilhar a responsabilidade. Como membros da Rede Internacional de Migrações Scalabrini, continuamos a trabalhar nos níveis local, regional e internacional para defender e proteger os direitos dos migrantes e suas famílias. Exortamos o Congresso dos Estados Unidos a impedir essas práticas e promover a reunificação imediata das famílias que foram separadas  e a abordar a política de imigração de acordo com os padrões legais de proteção internacional. Encorajamos os Estados Unidos que sempre foi um país acolhedor e defensor da liberdade e da democracia,  a procurar alternativas humanas e apropriadas para enfrentar essa crise. Nós, do BRACE, juntamente com os Centros Scalabrini nos Estados Unidos e outras organizações da sociedade civil, nos comprometemos ajudar e apoiar iniciativas governamentais que beneficiem os imigrantes e suas famílias aqui e agora. “Quando um imigrante habitar com vocês no país, não o oprimam. O imigrante será para vocês um concidadão: você o amará como a si mesmo, porque vocês foram imigrantes na terra do Egito. Eu sou Javé, o Deus de vocês” – Levítico 19,33-34”.

Brazilian American Center (BRACE)
560 Warvely Street
Framingham MA 01702- USA
508.628-0360

Fotos: Jehozadak Pereira/MundoYes.com

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns Liliane
    esta luta é de todos nós , mas a maioria das pessoas só assistem , de braços cruzados , criticando quem toma iniciativa . Continue trabalhando e lutando pelo direito do povo e minha admiração por você cresce cada dia mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here