COVID-19: voluntárias brasileiras produzem máscaras para doação

'Masks for Life' já produziu cerca de mil máscaras voluntariamente

0
771
Maria Nery é uma das voluntárias do 'Masks for Life'

Na semana passada, o blog publicou uma reportagem sobre a iniciativa de um grupo de voluntárias e voluntários brasileiros que costuram máscaras de pano para distribuir em asilos e para quem precisa, por causa da pandemia de coronavírus – COVID-19.

Juliana Godoy lidera o grupo de voluntárias ‘Masks for Life’

Um destes grupos é da região de Worcester, de Framingham e da região do MetroWest que continua a produzir máscaras – chamado de ‘Masks for Life. “A ideia de fabricar foi da Juliana Godoy. Ela tem um pouco de material para fazer as máscaras, distribuirá um pouco para cada costureira, Dagmar Pinto, Alice Nunes, Maria Neri, Judy Pagliucca entre outras pessoas que estão nos ajudando na confecção das máscaras. Lúcia Santos da Wer Mania também está conosco nesta campanha e está usando seu próprio material. O grupo precisa da doação de tecido 100% cotton (algodão), filtro e elástico para podermos continuar confeccionando as máscaras. O Saint Vincent Hospital em Worcester, confirmou que estará recebendo as máscaras caseiras. Temos também alguns asilos aceitando em Worcester. Um deles é o Asilo Benchmark Assistent Living”, diz a educadora Alice Sallese que é a facilitadora que indica voluntárias para o grupo.

Juliana tem alergia e é asmática, e por conta disto confeccionou uma máscara e foi trabalhar com ela. “A dona da casa onde fui trabalhar me perguntou se a máscara é de algodão e pediu que eu fizesse uma para ela. Disse também que o cunhado dela é médico em outro estado e que lá estava faltando material, inclusive máscara. Fui fazendo testes até chegar neste tipo de máscara e estamos entregando para diversos asilos e pessoas e até para um sem teto – risos”, afirma Juliana, que reitera que as doações devem ser feitas preferencialmente em material para a confecção das máscaras.

Juliana arregimentou outras mulheres que trabalham voluntariamente e todas têm tido um papel importante, seja costurando, entregando ou distribuindo o que forma uma verdadeira equipe de trabalho. “Todas nós estamos engajadas nesta luta para ajudar quem precisa e sabemos que é uma luta contra o tempo”, complementa Juliana Godoi. O ‘Masks for Life’ já produziu voluntariamente cerca de mil máscaras que são compostas de tecido de algodão, filtro e elástico.

“O grupo conta com 15 costureiras que trabalham a todo vapor doando seu tempo e material para fazer máscaras para asilo e hospital, pois estão em falta. As voluntárias precisam de doações para continuar ajudando. O pouco que doamos pode ajudar a salvar muitas vidas e é agradável aos olhos de Deus. Se você tiver tecido 100 por cento algodão e elástico e puder doar para esta causa, será bem vindo. Quem não tiver material em casa, pode ligar na JOANN em Shrewsbury – (loja de tecidos e aviamentos), fazer sua compra on-line e nos avisar, que passaremos lá para retirar a sua doação”, complementa Alice. 

O sInteressados em ajudar, fazer alguma doação podem entrar em contato com Elizabeth Godoy – 508.572-4218 em Framingham; com Alice Sallese – 774.275-1286 ou Juliana Godoy – 774.452-0896.

Se desejar fazer a doação comprando material acesse o site da JOANN clicando aqui. O telefone da loja em Shrewsbury – 508.845-0410.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here