COVID-19: Advogada Geral alerta para fraudes

0
570
Cuidado com e-mails e mensagens fraudulentas

Enquanto Massachusetts prossegue com sua primeira fase de distribuição da vacina contra a COVID-19, a procuradora-geral Maura Healey alertou em um comunicado distribuído na quarta-feira, 30 de dezembro, os moradores do Estado sobre possíveis fraudes e desinformação destinadas a explorar a pandemia, enquanto lembra que as pessoas devem ter confiança no processo de vacinação.

Embora Massachusetts tenha começado o processo de vacinação com profissionais da área de saúde, e cuidadores de instituições de longa permanência, a vacina não estará amplamente disponível para o público em geral por vários meses.

De acordo com o Gabinete da procuradora, potenciais golpes já começaram a surgir, prometendo falsamente o acesso antecipado à vacina, promovendo a desinformação e apresentando riscos relacionados com ofertas não solicitadas pedindo pagamento e informações pessoais.

A Advogada Geral pede atenção para as seguintes dicas
Golpes de e-mails não solicitados
Cuidado com e-mails não solicitados que tenha um link para se registrar para a vacina. Esses e-mails de phishing podem ser uma tentativa de roubo de identidade e podem conter hiperlinks e downloads de malware que podem permitir que fraudadores assumam o controle de computadores e roubem informações – uma modalidade conhecida como skimming. Se você receber um e-mail de seu empregador ou profissional de saúde sobre como se inscrever para uma consulta, ligue para eles para verificar. Não abra e-mails não solicitados e jamais clique em links contidos em e-mails ou mensagens de texto de pessoas que você não conhece, desconfie de anexos de e-mail e nunca forneça informações pessoais, incluindo senhas, detalhes de contas bancárias ou seu número de Seguro Social por e-mail não verificado.

Golpes telefônicos
O Center for Disease Control and Prevention (CDC) tomou conhecimento de que o público em geral está recebendo ligações fraudulentas que parecem se originar do CDC por meio do identificador de chamadas, bem como mensagens de correio de voz fraudulentas dizendo que o chamador é do CDC. Os golpistas, seja por telefone, mensagem de texto ou e-mail, tentarão obter informações pessoais confidenciais em troca de suposto acesso à vacina. Consulte o site oficial do CDC para atualizações sobre a COVID-19 e informações confiáveis ​​sobre a disponibilidade da vacina.

Campanhas de desinformação
Antes e depois da autorização das vacinas contra a COVID-19 pela Food and Drug Administration (FDA), campanhas online com uma variedade de desinformação floresceram, gerando medo e desconfiança em relação às vacinas. Para evitar a disseminação de informações incorretas, não encaminhe essas mensagens falsas. Em vez disso, para obter informações precisas, consulte fontes confiáveis, incluindo seu médico, líderes comunitários de confiança, o CDC, o Departamento de Saúde Pública de Massachusetts (DPH) e o conselho de saúde de sua cidade.

Solicitações de pagamento
Desconfie de quaisquer ofertas não solicitadas que exijam que você forneça seu seguro ou informações do médico ou solicite pagamento ou um depósito em troca do acesso antecipado às vacinas. Não pague nada em possibilidade alguma para colocar seu nome em uma lista para receber a vacina ou para entrar em um ensaio clínico da vacina. As informações sobre como acessar a vacina serão amplamente divulgadas pelo DPH quando o imunizante estiver disponível para o público em geral. Os residentes de Massachusetts não terão que pagar pela vacina.