Como o PT e Dilma tratam os brasileiros no exterior

0
324

Nota
Uma coisa é certa e deve ser dita para quem quiser e quem não quiser também, que nos períodos de governança do PT o trabalhador imigrante brasileiro jamais esteve tão abandonado em qualquer aspecto que se queira ver. Abaixo está o texto escrito na época e que provocou uma reação furiosa e desmedida do núcleo do PT em Boston – sim, há um núcleo do PT em Boston, que arreganhou os dentes, tentando defender a fala da presidente Dilma, porém o que conseguiu mesmo foi provocar mais desapontamento, principalmente para que está fora do país e as vezes carece de atenção das autoridades.podia ter sido pior a passagem da presidente Dilma Rousseff por Boston na terça-feira, 10. Isolada da população pelo rígido protocolo imposto pelo Itamaraty, a presidente passou ao largo dos brasileiros e tampouco fez questão de interagir com a comunidade. Ou seja, a intenção era fazer negócios e isto ficou mais do que evidente em todos os aspectos da sua visita ao Estado de Massachusetts.

Porém, no final da sua palestra na Harvard Kennedy School of Government, para alunos, autoridades e convidados, Dilma foi surpreendida com uma pergunta de Dario Galvão e sem se dar conta de que estava caindo numa armadilha, que a inquiriu sobre o que poderia fazer por estudantes indocumentados, já que um dos motivos da sua visita ao Estado era fomentar convênios e acordos para o programa Ciência sem Fronteiras, inclusive abrindo a possibilidade de financiamento para quem mora no exterior e é indocumentado.

Dilma foi contundente na sua resposta ao dizer textualmente – “Quero ser muito sincera. Nós temos 190 milhões de pessoas no Brasil que tenho de dar conta delas e não podemos dar conta de tudo imediatamente e asseguro que gostaria muito que os que imigraram tivessem oportunidades, agora a prioridade que tenho que encarar é para os que estão no Brasil. As pessoas que moram aqui tem acesso a outras oportunidades que os que moram no Brasil não tem, tenho de dar conta disto, primeiro tenho de atendê-los e quero dizer que a longo do meu governo, não tenho como atender os imigrantes, tenho como protegê-los e colocar todo consulado garantindo e melhorando condições, conversando com governos no sentido de melhorar condições, mas não tenho como dar a todos os imigrados as mesmas condições dos que estão no Brasil”, disse a presidente Dilma.

Deve-se dizer à presidente Dilma Rousseff que a comunidade, ou melhor, que os brasileiros que moram no exterior não querem esmola, não querem trocados ou qualquer tipo de favor dela ou de qualquer outro governante de plantão. O que os brasileiros que migraram querem é respeito dos que tem o poder de mando, querem que o governo reconheça que têm direitos e que estes precisam ser respeitados.

Aliás, as coisas para os brasileiros que moram no exterior acontecem a conta gotas e ao que parece são assim, porque estes se contentam com pouco, muito pouco. Outro dia mesmo, através da rede consular foi liberado o saque de quem tem dinheiro oriundo do fundo de garantia de modo até simples e direto, mas que é pago no Brasil, embora o pedido possa ser feito em qualquer consulado nos Estados Unidos.

Também isto não significa que os brasileiros no exterior estão a mercê da própria sorte, mas deixa claro que não podem jamais depender de qualquer ato ou atitude do governo brasileiro em qualquer circunstância.

Deve-se dizer que o governo brasileiro não consegue sequer cuidar dos que estão dentro das suas fronteiras, o que dirá então dos que estão morando fora, haja visto as graves questões que envolvem a saúde – todos os dias temos notícias de que pessoas morrem nas filas dos hospitais sem atendimento adequado; da educação – é igualmente grave a questão do ensino fundamental no Brasil e da segurança pública, já que mesmo não sendo uma atribuição do governo federal, há falta de verbas e de preparo específico.

Logo, o que a presidente Dilma falou em sua estada em Massachusetts deixa mais do que claro que pouco ou nada se importa com quem está no exterior, e isto não é uma situação que foi criada neste instante e sim que já vem de longa data e que ainda vai perdurar por outro tempo.

A mensagem foi clara, direta e objetiva – que cada qual cuide do seu lado, pois se depender de D. Dilma…

Foto da capa: Jehozadak Pereira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here