CAMPANHA vai reprimir motoristas drogados e bêbados

0
139
Autoridades não tem como identificar grau de intoxicação de motoristas que dirigem sob o efeito da maconha

Com a liberação do uso recreativo da maconha no Estado de Massachusetts, uma nova preocupação toma conta das autoridades, em especial do governador Charlie Baker, acerca dos procedimentos para com os motoristas que dirigirem após o uso da droga.

O Estado lançou a campanha “Plan Ahead. Get a Ride”, (Planeje com antecedência – pegue uma carona), em tradução literal, para conter o aumento de motoristas que dirigirão sob o efeito da maconha, agora legalizada. De acordo com o governador Baker, houve um considerável aumento de acidentes nos Estados de Washignton e Colorado, após a aprovação do uso recreativo e medicinal da maconha. “Se alguém usar a maconha como forma de recreação não deve dirigir. Ninguém deve dirigir após ingerir bebidas alcoólicas ou drogas de qualquer tipo”, disse na segunda-feira, 10, de acordo com o jornal Boston Herald.

A campanha “Plan Ahead. Get a Ride”, pede que os motoristas que fazem uso da maconha, de qualquer outro tipo de droga ou de bebida, que usem motoristas de aplicativo, táxi, trem, metrô, ônibus ou com amigos. A campanha “Plan Ahead. Get a Ride”, faz parte do esforço nacional “Drive Sober or Get Pulled Over”. A campanha educacional incluirá anúncios de TV, anúncios on-line em inglês e espanhol e publicidade de trânsito.

A maconha foi a droga mais detectada em motoristas envolvidos em acidentes fatais entre 2012 e 2016, no Estado de Massachusetts. Em 2016, motoristas sob o efeito da maconha provocaram a morte de 79 pessoas. 

Não há um modo efetivo de testar se um motorista está ou não sob a influência da droga. “Isto me preocupa e é um fato. Neste momento, não existe um teste capaz de detectar quando um motorista dirige sob o efeito da maconha e que portanto, ultrapasse o padrão legal. Isto é um problema”, afirmou o governador. 

“Manter as estradas seguras para todos os motoristas que vão viajar nesta temporada de férias é a grande prioridade para a State Police. Nossa tropa vai parar qualquer motorista que coloque a integridade e a vida dos outros em risco“, disse o coronel Kerry A. Gilpin, superintendente da Massachusetts State Police.

Como parte da mobilização para o cumprimento da lei, o Estado de Massachusetts, liberou verba para a State Police e para 139 departamentos de polícias locais para intensificar os esforços de fiscalização para identificar e tirar das ruas motoristas drogados e bêbados. As medidas incluirão patrulhamento em locais de incidentes frequentes e pontos de verificação de sobriedade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here