BRASILEIROS e russos são presos por fraude contra caixas ATM no Tennessee

Operação policial retira prende fraudadores contra o sistema bancário

0
4624

A polícia Metropolitana de Nashville, no Tennessee, prendeu nesta semana sete homens – três brasileiros e quatro russos e os acusou de fraude contra o sistema financeiro e bancário por golpes em caixas ATM.

Os brasileiros Alisson Oliveira, 22 anos e Dario Miranda, 30 anos, foram presos pela polícia do Tennessee na segunda-feira, 4, por aplicarem golpes em ATM com cartões de débito roubados. Oliveira e Miranda foram acusados de simulação criminal, roubo de propriedade e roubo de identidade e tiveram suas fianças estipuladas em US$ 150 mil cada um.

Na terça-feira, a polícia prendeu os russos Evengii Zubkov, 33 anos e Ian Zubkov, 18 anos, pelo mesmo motivo e foram acusados dos mesmos crimes e delitos dos brasileiros. No carro em que estavam os russos foram encontrados 204 cartões de débito codificados e US$ 22,899 em espécie. Evengii Zubkov teve a sua fiança estipulada em US$ 160 mil e Ian Zubkov em US$ 150 mil.

Ainda na terça-feira, os russos Gevorg Sukiasyan, 38 anos e Avetis Greyan, cuja idade não foi revelada, também foram presos depois de terem feito diversas retiradas fraudulentas em caixas ATM, com eles foram aprendidos cerca de 200 cartões codificados e US$ 3,602 em espécie. O brasileiro Albert Luca, 22 anos, foi preso depois de ter tentado usar dois cartões fraudulentos que foram recusados pelo caixa ATM dentro de uma loja. A polícia encontrou em seu poder cinco gift cards fraudados e ele pagou uma fiança de US$ 10 mil para ser liberado.

Investigações policiais acreditam que os dados dos cartões de débito e crédito tenham sido roubados em postos de gasolina, onde os brasileiros e os russos instalaram dispositivos chamados de skimmer ring que capturam dados de correntistas.

A polícia investiga se os brasileiros e os russo fazem parte de uma quadrilha de roubo de dados bancários e confiscou quase 500 cartões já codificados e prontos para uso e aproximadamente US$ 39 mil em espécie.

A operação da polícia Metropolitana de Nashville foi feita em cooperação com o FBI e o Serviço Secreto.

Imagem: reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here