BRASILEIRO é condenado por posse ilegal de armas de fogo 

Brasileiro admitiu culpa e foi condenado a 13 meses de pena

0
3999
Acemar Damaceno ofereceu serviço de pistolagem a um agente encoberto

O brasileiro Acemar Damaceno, 38 anos, que foi preso no dia 20 de abril de 2017, por porte e posse ilegal de armas de fogo e munições, teve a sua condenação anunciada na sexta-feira, 25 em Boston pela juíza federal distrital Denise Casper a aproximadamente 13 meses. 

Acemar se declarou culpado da acusação de ser um estrangeiro de posse de arma de fogo e munição. O brasileiro estava irregular nos Estados Unidos desde 2002.

Relembre o caso
Damaceno que residia em Weymouth, South Shore a algumas milhas ao sul de Boston, foi acusado criminalmente depois de ser denunciado por ser um estrangeiro de posse ilegal de armas de fogo e munições e foi colocado sob custódia federal.

De acordo com a acusação na corte, as autoridades receberam uma denúncia de que um homem conhecido como ‘Marcus’ em Weymouth estava comercializando armas de fogo e tentou vender uma delas a um agente encoberto que visitou o brasileiro em sua casa e ouviu dele que mataria alguém por dinheiro e mostrou-lhe uma arma calibre 45, uma espingarda e um saco com munição. Pela pistola calibre 45, ‘Marcus’ pediu US$ 1,5 mil.

Agentes federais abordaram ‘Marcus’ no trânsito e ele admitiu que estava ilegalmente nos Estados Unidos, tendo sido detido imediatamente. Ao revistarem sua residência os agentes acharam uma pistola Kimber Ultra Ten II calibre 45, carregada com 10 balas de calibre 45 e uma espingarda Iver Johnson Champion sem número de série. Ao rastrearem a pistola calibre 45, determinaram que havia sido roubada em Connecticut em outubro de 2011.

Não há mais detalhes acerca da sentença de Acemar Damaceno, que deve ser deportado após o cumprimento da sua pena.

Fotos: reprodução redes sociais

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here