ATÉ quando nossas mulheres morrerão assassinadas?

Cleonice Alves da Silva, a 'Cleo' é mais uma brasileira assassinada a facadas pelo ex-marido

0
2156
'Neguinho' matou sua ex-esposa a facadas
‘Cleo’ é mais uma mulher assassinada brutalmente pelo ex-marido

A morte da brasileira Cleonice Alves da Silva, a ‘Cleo’, na noite da sexta-feira, 31, assassinada pelo ex-marido Antonio Lucas, o ‘Neguinho’, em Worcester, Massachusetts. Embora separados, ambos moravam na mesma casa que haviam comprado. A reportagem do blog Mundo Yes, ouviu algumas pessoas que eram amigos ou conhecidos de Cleo e com a condição de anonimato, falaram sobre a mulher assassinada.

“Eles estavam separados, mas moravam na mesma casa que pensavam em vender. O Antonio, era violento e eles brigavam direto. A Cleo, havia se casado novamente e o Antonio, saiu da casa, mas com o fim do novo relacionamento da Cleo, ele voltou a morar lá’, disse um deles. “Ela era uma mulher adorável e cativante, e não merecia este fim”, disse uma amiga de Cleo. 

‘Neguinho’ está preso e deve ser acusado de assassinato em primeiro grau

O possível motivo da derradeira briga, foi o fato de Cleo permitir que um casal gay, dormisse na casa, com o que ‘Neguinho’ não concordou e a divergência terminou com o assassinato da brasileira, que nasceu em Açucena, Minas Gerais. Antonio Lucas, foi preso pela polícia de Worcester logo em seguida e terá uma audiência na corte da cidade.

A morte de Cleo, é mais uma na longa lista de mulheres brasileiras que foram assassinadas por ex-namorados, companheiros, maridos ou com quem tiveram relacionamento. Uma conta para ajudar nas despesas de funeral e sepultamento foi criada no GoFunMe por amigos de Cleo, e quem desejar contribuir, pode fazê-lo clicando aqui.

Num passado recente, a comunidade brasileira registrou casos de mortes de mulheres brasileiras em Massachusetts, com os assassinatos de Caíque e sua mãe Carla Souza em maio de 2006; Silvia Rosa em março de 2009; Sheila Carla Santos em outubro de 2009; Edinalva Ferreira da Silva em setembro de 2011; Patrícia Fróis em setembro de 2011 e o último caso registrado foi o de Elizete Benevides em janeiro de 2015 e recentemente a portuguesa Telma Brás, foi assassinada pelo marido, o brasileiro Ilton Rodrigues  Todas foram mortas a facadas por maridos, namorados e ex-companheiros que estavam inconformados com alguma coisa, inclusive separações.

Caso seja vítima de qualquer tipo de violência física, abuso de qualquer tipo busque ajuda e para saber se na sua cidade ou região há alguma entidade de auxílio – algumas inclusive com staff de pessoas que falam português, clique aqui.

Que nenhuma mulher morra pelas mãos de homens inconsequentes e alucinados que não aceitam o fim dos relacionamentos. A grande questão é que cada vez que isto acontece, toda uma comunidade é atingida em cheio, mesmo que ninguém tenha a ver com os problemas de gente que não hesita em matar para satisfazer seus maus instintos.

Se você estiver em um relacionamento abusivo busque ajuda e se correr algum risco, chame a polícia.

Recomendações
• Leve a sério todas as ameaças que ex-companheiros, maridos, namorados fizerem;
• Junte provas como mensagens de texto, e-mails e busque orientação legal para gravar ameaças telefônicas;
• Busque ajuda se sentir que sua integridade física e emocional estiver ameaçada
• Peça às autoridades uma restraining order;
• Não se intimide com ameaças e tentativas de agressão; denuncie quem faz isto;
• Nunca retalie ou use de força para responder a qualquer agressão física, verbal e/ou psicológica;
• Não importa a sua condição ou status imigratório; você têm direitos;
• Busque conselho legal sobre como se livrar dos abusos

Fotos: reprodução redes sociais

Nota: uma amiga de Cleo, entrou em contato com a reportagem do blog, afirmando que o nome correto é ‘Cleocilene’.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here