A história e as lições de vida de Sensei Vieira

4
655

A família Vieira é tradicional no Pará, por causa da jornada esportiva iniciada pelo patriarca Paulo nos anos 1950, que era o melhor na Luta Marajoara, bem parecida com o o Wrestling. Os filhos de Paulo – sete no total também se tornaram atletas e a tradição familiar continua aqui nos Estados Unidos com Arlindo, que iniciou nas artes marciais em 1980, com o irmão Paulo. Aliás, Arlindo, ou o Sensei Vieira como é conhecido na América, tem uma história de vida muito interessante.

“Sensei é uma palavra japonesa usada para se referir às pessoas que alcançaram a Faixa Preta de karatê e ministrarão aulas”, explica o motivo pelo qual usa o título atencedendo o seu nome.

Sua história nos Estados Unidos começou com Cristina Remor, que foi treinada por Sensei Vieira por 10 anos, e em 2002 veio estudar nos Estados Unidos e se destacou em diversas competições e torneios. O estilo de Cristina chamou a atenção dos professores e mestres daqui.

IMG_0667
Sensei Vieira é um exemplo para seus alunos. Fotos: Arquivo pessoal

“Ela falou a meu respeito e em março daquele ano fui convidado através da USA National Shito – Kai Karate – Do, para participar da SUNSHINE CUP, evento que tem o apoio da Casa Branca e do Miami Dade College. Participei da competição e conquistei a medalha de ouro, vencendo a Venezuela e os Estados Unidos na final. Recebi outro convite para na semana seguinte disputar outro torneio de karatê tradicional e novamente me destaquei no evento. O técnico da seleção dos Estados Unidos estava presente e o japonês Tagachina, faixa preta 8 Dan JKA – Associação Japonesa de Karatê e que havia treinado o Japão, e ele fez questão de me premiar e me convidou para participar de treinamentos com ele. Retornei ao Brasil e em 2004 fui convidado para retornar e encontrei pessoas que ajudaram bastantes. Em 2005 participei do National Championship AAU – Amateur Athletic Union of the United States Karate. Tive que voltar ao Brasil e um dia recebi uma ligação dos Estados Unidos perguntando quais eram os meus objetivos aqui e como se daria o meu trabalho e fui convidado a trabalhar e me receberam no aeroporto de Miami já com o green card”, conta Sensei Vieira que hoje é professor formado em três diferentes modalidades: karatê, judô e BJJ – Brazilian jiu-jitsu ministrando aulas e cursos para crianças e adultos em Worcester, na Igreja Batista em Marlborough, na Igreja Batista Portuguesa em Cambridge e no BRACE em Framingham, para seus alunos, onde dá continuidade ao trabalho da família Vieira.

Atualmente Sensei Vieira se dedica a colocar em prática o INTERART. “Algo mais eficiente e parecido com o MMA ou UFC, só que com disciplina e regras esportivas. Sei que serei criticado por tradicionalistas, mas espero em Deus que o INTERART seja no futuro uma arte com identidade própria e acredito nisso dado a minha experiência por ter treinado e me formado em três diferentes artes. A ideia surgiu por observar grandes lutadores serem humilhados com derrotas porque não dominavam as técnicas de derrubar ou de solo e em outros casos, técnicas em pé. Daí a importância da criação do INTERART que vem para unificar as técnicas que são normalmente usadas em diferentes situações ou seja, eliminar os movimentos superficiais e criar métodos sistemáticos de defesa. E se forem fazer uma pesquisa, verão que antigamente os samurais dominavam esses diferentes tipos de técnicas entre outras, mas com o passar do tempo outros professores foram organizando técnicas para determinadas situações e daí acabaram por ficar deficientes em algumas situações de combate. Não quero dizer que com isso as artes tradicionais devam ser esquecidas de forma alguma, mas sei que os gostos devem ser respeitados e da minha parte respeito todos os grandes mestres e praticantes das diferentes modalidades até porque sou um deles e cheguei a essa conclusão por causa dos muitos anos de prática e aprendizado vindo das diferentes artes que pratico”, finaliza. Sensei Vieira pode ser contatado através do e-mail arlindovieirakarate@hotmail.com.

Publicado originalmente no Jornal dos Sports USA

4 COMENTÁRIOS

  1. Sensei Vieira um grande exemplo de artista marcial. Parabéns pelo sério trabalho que você realizou. Oss sensei

  2. Tive a honra de ser a aluna desse grande mestre, sempre buscando se aperfeiçoar, tenho grande respeito e admiração por seu trabalho. E se hj vc tá onde estás são frutos de muita dedicação e determinação.
    OSS!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here